Idoso de 85 anos é recordista mundial no boliche do Wii Sports

John Bates é um aposentado que têm 85 anos e vive em Onalaska nos Estados Unidos, e acabou de entrar para o Guinness por ter conseguido a impressionante marca de 2.850 jogos perfeitos no boliche do Wii Sports. Vale lembrar que um jogo perfeito no boliche consiste em fazer strikes em todas as rodadas.



O interessante é que o John Bates ao contrário da maioria das pessoas com recorde no Guinness não é obcessiva com o jogo, ele joga Wii Sports no máximo 21 partidas por dia em cerca de 1 hora e meia. Além disso ele se dedica a várias outras atividades, e vai na igreja quase todas as manhãs, cozinha, anda de bicicleta e joga boliche.

E se você não é tão habilidoso no Wii Sports e nem quer dedicar tanto tempo ao jogo, não deixe de conhecer o WiigoBot que é um robô feito com Lego que sempre consegue fazer strike no Wii Sports.

Fonte: StarTribune.com.

Idoso ou Velho?

Você se considera uma pessoa velha ou idosa?

E você que é jovem, como deseja chegar lá?

Pois então ouça o depoimento de um idoso de oitenta anos:

Idosa é uma pessoa que tem muita idade.

Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade…

Você é idoso quando sonha.

É velho quando apenas dorme.

Você é idoso quando ainda aprende.

É velho quando já nem ensina…

Você é idoso quando pratica esportes, ou de alguma outra forma se exercita.

É velho quando apenas descansa…

Você é idoso quando seu calendário tem manhãs.

Você é velho quando seu calendário só tem ontens

O idoso é aquela pessoa que tem tido a felicidade de viver uma longa vida produtiva, de ter adquirido uma grande experiência…

Ele é uma ponte entre o passado e o presente,

Como o Jovem é uma ponte entre o presente e o futuro.

E é no presente que os dois se encontram…

Velho é aquele que tem carregado o peso dos anos, que em vez de transmitir experiências às gerações vindouras transmite pessimismo e desilusão…

Par ele, não existe ponte entre o passado e o presente, existe um fosso que o separa do presente pelo apego ao passado…

O idoso se renova a cada dia que começa;

O velho se acaba a cada noite que termina…

O Idoso tem seus olhos postos no horizonte de onde o sol desponta e a esperança se ilumina.

O velho tem sua miopia voltada para os tempos que passaram.

O idoso tem planos.

O velho tem saudades.

O idoso curte o que resta da vida.

O velho sofre com o que o aproxima da morte…

O idoso se moderniza, dialoga com a juventude, procura compreender os novos tempos.

O velho se emperra no seu tempo, se fecha em sua ostra e recusa a modernidade…

O idoso leva uma vida ativa, plena de projetos, viagens e de esperanças. Para ele o tempo passa rápido, mas a velhice nunca chega…

O velho cochila no vazio de sua vida e suas horas se arrastam destituídas de sentido.

As rugas do idoso são bonitas porque foram marcadas pelo sorriso.

As rugas do velho são feias porque foram vincadas pela amargura…

Em resumo IDOSO e VELHO, são duas pessoas que até podem ter a mesma idade no cartório,mas tem idade bem diferente no coração…

SE VOCÊ É IDOSO GUARDE A ESPERANÇA DE NUNCA FICAR VELHO.

de Jorge José de Jesus Ricardo

Fonte: http://www.netplanossenior.com.br/blog/idoso-ou-velho/

Dona Flora: Recordar é viver


Flora contando caso da música que lhe veio à memória, ao ver a lua cheia pela janela, de madrugada...a música que ela tentava relembrar, era como um fundo musical para essa visão da lua...
Fiz este vídeo em homenagem a Flora Decnop Coelho,minha mãe, no dia do seu aniversário, 25 de janeiro de 2011.
FLORA, que adora cantar, agora está surda.Ela está usando aparelho auditivo, mas mesmo assim não consegue ouvir nada.Penso como deve ser difícil! Mas ela é realmente muito resistente e quer fazer de tudo para continuar, sem ficar isolada.Escreve, fala ao telefone mesmo sem ouvir.
Flora, é uma lição de vida.

Fonte: usuário do youtube: AnaDecnop

PROJETO REMEDIO DO IDOSO


Fonte: usuário do youtube: farahanderson100

Construção Civil Começa a Abrir os Olhos para a Terceira Idade

A mudança na estrutura etária da população é uma realidade e ao mesmo tempo abre oportunidades para que as empresas aproveitem para entender melhor as necessidades e desenvolvam produtos específicos para este segmento.

Vários países chegaram a um “ponto limite” demográfico. Hoje, por exemplo, 7 de cada 10 pessoas nos países desenvolvidos estão na idade produtiva tradicional (entre 15 e 64 anos). O processo que acontece agora (até 2020) de forma extremamente acelerada nos países desenvolvidos, demorará um pouco mais para chegar ao Brasil. Mas, chegará.


Países como o Japão terão em 2025 um idoso para cada duas pessoas em idade economicamente ativa. Neste país, este índice ainda tende a aumentar até 2040. Este envelhecimento das sociedades terá consequências econômicas. Prevê-se que em 2030 o PIB japonês caia a zero.

Na Europa, por sua vez, mesmo com o aumento da produtividade, o crescimento lento do nível de empregos irá reduzir o já baixo índice de crescimento do PIB para cerca de 1%.



E no Brasil?

Há uma previsão de aumento exponencial da população de idosos, que em 2025 chegará a 16% (taxa de dependência) e em 2050 a 36 %, segundo a ONU/Divisão de População. Algumas causas são as menores taxas de fertilidade, o aumento da expectativa de vida da população (a população brasileira vive, hoje, em média, 69 anos e em 2050 chegará a 80 anos), além da queda do índice de mortalidade.

Assim, abre-se espaço para uma atenção especial para esta parcela da população. É preciso que as construtoras e incorporadoras aproveitem a Gerontologia (ciência que estuda o processo de envelhecimento em suas dimensões biológica, psicológica e social), para investigar as experiências da velhice e do envelhecimento, visando dar melhores condições de moradia à população.

Empresas como a Tecnisa, lançam projetos para este público. Na caso da construtora, o projeto chama-se “Construindo com Consciência Gerontológica”, que busca atender as demandas específicas deste público. Os empreendimentos terão número menor de escadas, pisos opacos e antiderrapantes, eliminação dos cantos vivos, rampas para as piscinas, só para citar alguns exemplos.

Fechaduras Tecnisa - projeto

Banheiro Tecnisa
Precisamos aproveitar e utilizar a experiência do velho com a energia e a vontade do jovem.

Saudações construtivas.

Fonte: http://edvaldocorreablog.blogspot.com/2010/09/construcao-civil-comeca-abrir-os-olhos.html

Centro de Bem-Estar para Terceira Idade - Villa Dei Fiori (Piraquara - PR)

Temos tratado do assunto consciência gerontológica em alguns posts, pois, tem sido uma tendência crescente desenvolver empreendimentos que atendam as necessidades de uma população que vem envelhecendo ano após ano.

E, agora, três empreendedores lançaram em Piraquara (cidade próxima a Curitiba), oCentro de Bem-estar Villa Dei Fiori. Este empreendimento, voltado para este público que necessita de cuidados especiais, trata-se de um espaço que oferece hospedagem, mas com serviços diferenciados e de excelência. Foi necessário muito estudo e visitas a centros similares em todo o mundo.





Fica em uma área de 16 mil m2, com 2 mil m2 de área construída, tendo um lago a frente, detalhes de segurança nos apartamentos (barras protetoras e botões para acionamento de emergência), ambientes com móveis adequados e piso anti-derrapante, para citar apenas alguns cuidados especiais.

A ideia básica é propiciar bem-estar, lazer e entretenimento, com muita qualidade. Como “slogan”, o empreendimento trabalha o conceito :


“um centro de bem-estar com muito amor por m2”.




Ainda, possui uma vista para a Serra do Mar, além de mimos aos hóspedes como hidroterapia em piscina aquecida, ótima sala de jogos, solarium, biblioteca, horta, pista de caminhada, capela, cinema e muito mais.

São ao todo 42 apartamentos, sendo o projeto desenvolvido pelo renomado arquitetoJayme Bernardo, que possui mais de 25 anos de profissão e tem uma ótima equipe.

Atender a terceira idade é uma oportunidade que ainda não tem sido explorada em sua plenitude pelo setor da construção e por investidores.

Aos que tiveram a visão de criar este empreendimento, parabéns pela ousadia e sucesso!


Mais informações:


Fones: (41) 8700-4084 / (41) 3673-0073
e-mail: luciasouza@villadeifioricuritiba.com.br
Endereço: Rodovia João Leopoldo Jacomel, 198 - Piraquara - PR
site: http://www.villadeifioricuritiba.com.br/contato.php
Fonte: http://edvaldocorreablog.blogspot.com/2011/01/centro-de-bem-estar-para-terceira-idade.html#uds-search-results

Blog Longevidade: Contratando um cuidador

Recebi um e-mail, aonde a remetente me pedia indicações de um cuidador, a que ela havia contratado para cuidar do seu pai idoso com seqüelas severas de um AVC, era “péssima”.


Pensando nisso, e através da minha experiência pessoal em relação aos meus pais, compartilho com vocês o que observei a partir das necessidades deles.


Cuidadores profissionais bem formados são caros, vale refletir antes de contratar.


Quando você perceber que a carga física e emocional de cuidar de um idoso é simplesmente demais para você, o que fazer?


É chegada à hora de tomar algumas decisões.


Os cuidadores, nem sempre são bem formados, navegando na internet vi anúncios de cursos que formam cuidadores em dois finais de semana, há também aqueles alunos que nem mesmo concluem o curso, e já saem por ai ofertando o seu trabalho.


O que contratar?


Se o seu familiar ainda mantiver certo grau de independência, você pode contratar uma auxiliar para cuidar das tarefas domésticas enquanto você cuida dele, ou você pode contratar uma acompanhante para ficar ao seu lado e com isso liberar algumas horas livres pra você. Essas horas livres são de suma importância para aliviar a carga emocional e física que o cuidar de um idoso despende.


Classificação Brasileira de Ocupações sobre a função de cuidador.

Condições gerais de exercício


O trabalho é exercido em domicílios ou instituições cuidadoras de crianças, jovens, adultos e idosos. As atividades são exercidas com alguma forma de supervisão, na condição de trabalho autônomo ou assalariado. Os horários de trabalho são variados: tempo integral, revezamento de turno ou períodos determinados. No caso de cuidadores de indivíduos com alteração de comportamento, estão sujeitos a lidar com situações de agressividade.


Descrição


Acompanhante de idosos, cuidador de pessoas idosas e dependentes, cuidador de idosos domiciliar, cuidador de idosos institucional, gero-sitter.


Formação e experiência


Essas ocupações são acessíveis a pessoas com dois anos de experiência em domicílios ou instituições cuidadoras públicas, privadas ou ONGS, em funções supervisionadas de pajem, mãe-substituta ou auxiliar de cuidador, cuidando de pessoas das mais variadas idades. O acesso ao emprego também ocorre por meio de cursos e treinamentos de formação profissional básicos, concomitante ou após a formação mínima que varia da quarta série do ensino fundamental até o ensino médio. Podem ter acesso os trabalhadores que estão sendo reconvertidos da ocupação de atendente de enfermagem. No caso de atendimento a indivíduos com elevado grau de dependência, exige-se formação na área de saúde, devendo o profissional ser classificado na função de técnico/auxiliar de enfermagem.


Competências pessoais


  • Manter capacidade e preparo fisico, emocional e espiritual
  • Cuidar da sua aparência e higiene pessoal
  • Compreender o processo de envelhecimento e respeitar a privacidade do idoso, assim como as determinações de seus familiares
  • Demonstrar educação e boas maneiras
  • Adaptar-se a diferentes estruturas e padrões familiares e comunitários
  • Respeitar a privacidade da casa
  • Demonstrar sensibilidade e paciência
  • Saber ouvir
  • Perceber e suprir carências afetivas
  • Manter a calma em situações críticas
  • Demonstrar discrição
  • Observar e tomar resoluções
  • Em situações especiais, superar seus limites físicos e emocionais
  • Manter otimismo em situações adversas
  • Reconhecer suas limitações e quando e onde procurar ajuda
  • Demonstrar criatividade
  • Lidar com a agressividade
  • Lidar com seus sentimentos negativos e frustações
  • Lidar com perdas e mortes
  • Buscar informações e orientações técnicas
  • Obedecer normas e estatutos
  • Reciclar-se e atualizar-se por meio de encontros, palestras, cursos e seminários
  • Respeitar a disposição dos objetos de casa
  • Dominar noções primárias de saúde
  • Dominar técnicas de movimentação do idoso para não machucá-lo ou machucar-se
  • Dominar noções de economia e atividade doméstica
  • Dominar noções de educação pedagógica
  • Transmitir valores a partir do próprio exemplo e pela fala
  • Conciliar tempo de trabalho com tempo de folga
  • Doar-se
  • Demonstrar honestidade
  • Conduta moral


Caso você esteja contratando uma empregada ou dama de companhia, certifique-se de que ela aceitará tarefas como levar o idoso ao banheiro, dar banho e vestí-lo. Se essa pessoa tiver tido experiência anterior com idosos ou em hospitais/clínicas de repouso soma pontos positivos (peça referências e vá conferir).


Reflita sobre a necessidade de um cuidador ou de uma cuidadora, pensando sempre no conforto do idoso(a) à ser cuidado.


Quando devo contratar um enfermeiro(a) ?


Só quando houver um quadro de doença que exija monitoração constante; medicação venosa, sondas etc. Serviços de enfermagem são caros.


Que tipo de referências devo solicitar ?


De preferência, referências vindas de ocupações similares como clínicas de repouso e casas com idosos. Como em toda contratação, você terá que confiar sua casa e seu bem mais precioso, seu familiar, a uma pessoa estranha; assim, todo cuidado é pouco. Procure indicações aos seus amigos e vizinhos, sempre há alguém que conhece ou conheceu um cuidador ou uma casa onde um idoso era acompanhado.


Entrevista com o candidato


Se esse se apresentar como “cuidador profissional” ou enfermeiro (a)


Pedir atestado de conclusão de curso, a partir desse, obter informações sobre o curso, e se não tiver cursado em uma instituição tradicionalmente conhecida, indagar ou pesquisar qual o grau acadêmico dos professores do curso, se informar também sobre a grade curricular. Lembrando que os bem formados são caros, logo exija qualidade.


Observe o aspecto físico no que se refere a higiene e boa impressão de saúde, (dentes em bom estado, cabelos limpos e penteados, trajes limpos e bem passados, unhas limpas etc.)


Além de certificar-se que a pessoa estará à vontade com a tarefa de levar o idoso ao banheiro, banhá-lo e vestí-lo, verifique se o cuidador também terá disponibilidade para eventualmente dormir em sua casa, caso você precise viajar, se é capaz de interpretar e decorar uma tabela de horários para medicamentos e se a pessoa pode ser contatada fora do horário de trabalho em caso de emergências.


E o registro de trabalho, deve ser feito?


Sim, para sua própria segurança e a do cuidador contratado; a categoria e a forma na qual ele irá ser registrado irá variar de ocupação para ocupação. Você pode procurar orientação junto a um escritório contábil, se for o caso. A profissão é reconhecida pelo Ministério de Trabalho e Emprego desde o ano 2000 com todos os direitos de um trabalhador domiciliar e o seu código é 5162-10.


Aonde buscar esses profissionais?


Escolas e Hospitais Escola

Cursos de gerontologia, Curso de Cuidadores e Cursos de Enfermagem.

O Instituto Bandeirante de Educação e Cultura de São Paulo (Ibec) é um dos pioneiros no aperfeiçoamento dos profissionais. Em convênio com a Secretaria do Emprego e Relações de Trabalho e com a Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social (Seads), já diversos cursos gratuitos para cuidadores de idosos e formou muitos alunos.

Lembre-se sempre: o mais importante é fazer com que seu idoso se sinta confortável com a pessoa nova e vice-versa.

Alguns defeitos poderão ser relevados, porém, falta de respeito e falta de carinho com o idoso são requisitos indispensáveis.


Fonte: http://longevidade-silvia.blogspot.com/

Vacinação Gripe comum para Idosos nas regiões sudeste, centro-oeste e nordeste do país.

Roupas e calçados podem aumentar risco de acidente em escada rolante

Os acidentes podem provocar ferimentos mais sérios, principalmente em crianças e idosos.

Subir, descer. Coisa simples e corriqueira. Até por isso ninguém presta muita atenção, mas deveria. Pequenos acidentes em escadas rolantes são mais frequentes do que imaginamos. Só no metrô de São Paulo, é um por dia, pelo menos. Saias compridas, sandálias de salto alto e sapatos de borracha são os que costumam provocar mais problemas nas escadas rolantes. Os acidentes podem provocar ferimentos mais sérios, principalmente em crianças e idosos.

Entrar pisando firme. Bem, nem tão firme assim. No meio do caminho, uma escada rolante pode ser um perigo se a pessoa não prestar atenção.

“Realmente, é um perigo, não tenha a menor dúvida. Falta de atenção, vou ver se eu corrijo isso daí”, reconhece o despachante Ricardo Blanco.

Papo vai, papo vem, e o olhar está para o lado errado.

“Essa amiga é que faz isso”, brinca a funcionária pública Eulina Lima Paula.

“Se ela caísse, eu segurava ela”, acrescenta a amiga.

A mensagem de alerta está bem visível, mas nem todos seguem a orientação.

“Quando está atrasado, tem que correr”, justifica o analista de suporte Leandro Rocha Carvalho.

Mulheres e salto alto: um sofisticado perigo.

“Prende, com certeza. Se não tomar cuidado, não prestar atenção, prende”, alerta a assistente financeira Isabel Machado.

Cadarço desamarrado também corre o risco de ficar preso na escada. Sandálias rasteiras podem causar tropeços. E sabe aquelas emborrachadas?

“Ela é macia. É gostoso andar com ela”, diz o ajudante geral Carlos José dos Santos.

“É mais confortável para trabalhar”, opina a tendente Gabriele Martins.

Pois elas são antiderrapantes: podem se fixar nos degraus da escada e dificultar os movimentos dos pés. Roupas compridas exigem atenção. O risco é de saias e vestidos enroscarem nos degraus. Nem pense em levar a mala pela escada. É arriscado. O melhor é ir de elevador. O mesmo vale para quem está com carrinho de bebê.

“Normalmente no carrinho, só ficam apoiadas as duas rodas de trás, porque a pessoa inclina o carrinho. Não é uma maneira correta, nem segura. Então, por isso, que o ideal é você utilizar de maneira segura o elevador”, explica o engenheiro Júlio Cesar Souza.

Algumas recomendações são básicas para usar a escada rolante. Primeiro, é muito importante segurar no corrimão. Isso porque, caso alguém bata em você, você desequilibre ou até mesmo o equipamento pare, você terá um apoio. Mas nada de passar a mão na lateral. Pode prender e você se machucar. Outra coisa: com relação aos pés, nunca encoste do lado pelo mesmo motivo: pode enganchar e você acabar se acidentando.

No metrô de São Paulo, foram colocadas escovas na lateral das escadas para evitar que as pessoas encostem nessa parte e se envolvam em acidentes.

“Nós temos aí cerca de um acidente em escada rolante por dia. São acidentes geralmente sem gravidade, com pequenas luxações, mas, de qualquer forma, nós tomamos muito cuidado para garantir a segurança dos passageiros”, conta Wilmar Fratini, gerente de operações do metrô.

A aposentada Margarida Nogueira Monteiro só tentou ajudar outra senhora: “Ela falseou o pé e eu rolei junto com ela. Aí ela começou a me xingar”, lembra.

Aposentado é preso acusado de manter esposa em porão por 16 anos

Agencia EFE

Rio de Janeiro, 27 jan (EFE).- Um aposentado de 64 anos foi detido em Sorocaba (SP) acusado de manter sua esposa durante 16 anos encarcerada no porão de sua casa, onde convivia com outra mulher que também foi presa.

A vítima, que foi levada a um hospital após sua libertação, está na casa de um filho enquanto aguarda ser submetida a um exame médico, disse um porta-voz do Instituto da Mulher de Sorocaba.

A mulher, de 64 anos, permaneceu 16 anos fechada em um porão úmido, sem ventilação nem luz elétrica e que exalava um forte cheiro causado pela falta de higiene, segundo os policiais que a soltaram na tarde da quarta-feira.

No momento de sua libertação, a idosa foi encontrada sobre uma cama de cimento, coberta por uma manta e quase sem roupa.

Seu marido, com o qual se casou há 40 anos, foi preso acusado de sequestro e maus-tratos, enquanto a atual companheira do aposentado, com a qual convivia na casa onde mantinha a esposa presa, foi detida por cumplicidade.

O acusado alegou à Polícia que deixava a esposa encarcerada porque era agressiva e sofria de problemas mentais, e afirmou que a deixava sem luz para não aumentar o valor da fatura elétrica.

O aposentado disse ainda que seus filhos e os irmãos de sua esposa sabiam da situação e assegurou que ninguém se ofereceu para cuidar da mulher. EFE

Zezé di Camargo - Respeito com os Idosos

São Caetano apresenta Programa Amigo do Idoso em evento federal

Prestes a completar um ano de existência (maio de 2010) o Programa Amigo do Idoso já será apresentado em um evento promovido pela Secretaria de Direitos Humanos do governo Federal no dia 1° de fevereiro. A secretária de Assistência e Inclusão Social da Prefeitura de São Caetano do Sul, Marisa Catalão, fará parte da Oficina “Envelhecimento Ativo e Saudável: Uma Perspectiva Intergeracional” que tem o objetivo de elaborar uma proposta para o envelhecimento ativo e saudável por meio do incentivo à prática de atividade física.

O PAI (Programa Amigo do Idoso) já capacitou mais de mil pessoas entre elas servidores municipais, como guardas civis e servidores da saúde, e prestadores de serviços a esse tipo de público, como comerciantes e condutores de transporte público. Nos Centros Integrados de Saúde e Educação da Terceira Idade, mais de 30 mil idosos possuem atendimento médico e atividades físicas gratuitas. Além disso, outros benefícios ficam disponíveis ao idoso como estacionamento gratuito no sistema Zona Azul para maiores de 65 anos com 152 vagas e a Caderneta do Idoso que traz informações sobre a saúde.

Fonte: http://www.reporterdiario.com/site/noticia.php?id=228954&secao=6

Mandela está 'muito doente', mas não corre risco de morte


O primeiro presidente negro da África do Sul, Nelson Mandela, está "muito doente", mas sua vida "não corre perigo", disse uma fonte ligada a ele à agência de notícias France Presse. Os sul-africanos ficaram em pânico na noite desta quarta-feira quando o ícone da luta contra o apartheid foi hospitalizado. Mandela, 92, foi fazer exames de rotina.


Primeiro presidente negro da África do Sul, Nelson Mandela, está "muito doente", mas não corre risco de morte

O presidente da África do Sul, Jacob Zuma, afirmou que a internação do ex-presidente sul-africano e vencedor do Prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela é algo "normal" devido à sua idade avançada. "Acredito que a idade de Mandela obrigue que ele vá ao hospital para fazer revisões médicas", afirmou ao ser perguntado na Suíça onde participa do Fórum de Davos.

Mandela foi internado em um hospital de Johannesburgo. Apesar das declarações de sua fundação de que são apenas exames comuns, o programa Talk Radio 702 afirma que ele foi se consultar com um pneumatologista.

PEDIDO DO GOVERNO

A Presidência da África do Sul pediu "calma" aos meios de comunicação nesta quinta-feira diante da internação do ex-presidente e prêmio Nobel da Paz Nelson Mandela e solicitou respeito a ele e sua família.

Mandela "está com bom aspecto após ter sido examinado por uma boa equipe de médicos especialistas", indicou um comunicado divulgado pela Presidência.

"Diante das notícias de que jornalistas acamparam fora do hospital", se pede que cuidem "da dignidade e do respeito a que (Mandela) tem direito como primeiro presidente democrático do país, herói nacional e também como cidadão", diz o comunicado.

"A imprensa deve equilibrar a busca de informações com uma atuação dentro dos limites do respeito humano", enfatiza a nota, que aponta que "os médicos também precisam fazer seu trabalho sem pressões indevidas".

Fonte: A Folha de SP

Um casal de nonagenários britânicos subiu ao altar no último dia 23/01/2011





Os britânicos Leslie Harper (esq.), 93, e Elsie Dunn, 90, voltaram a se casar após cinco décadas


Nonagenários britânicos subiram ao altar no último sábado, mais de 50 anos depois de ter se divorciado, período no qual eles ficaram praticamente sem falar um com o outro.



Leslie Harper, 93 anos, e Elsie Dunn, 90, se casaram no Cartório de Registros de Bridlington, em Yorkshire (Inglaterra).

Ambos se conheceram em 1937 e se casaram quatro anos depois, na cidade de Hull. No entanto, Elsie e Leslie se separaram em 1954 e ficaram cinco décadas praticamente sem contato. A única ligação entre eles era a sua filha, Pauline, nascida em 1945.

Os dois tiveram outros casamentos nos anos 1960, mas acabaram viúvos. Logo depois da morte da mulher de Leslie em 2004, ele voltou a entrar em contato com a ex-mulher, tentando uma reaproximação.


"Ele ligou para a nossa filha, Pauline, perguntando se ela achava que eu gostaria de vê-lo", disse Elsie ao jornal Driffield Post Times. "Ela foi muito a favor, mas disse que ele deveria me ligar primeiro. Um dia ele veio aqui, e foi isso."

Leslie e Elsie voltaram a morar juntos logo depois da reaproximação. Ele a pediu em casamento na véspera do Natal passado.


O primeiro casamento entre Leslie e Elsie terminou de maneira tão amarga que ela tinha jogado fora todas as suas fotos da cerimônia. Ele, no entanto, guardou as suas cópias durante todo o tempo em que ficaram separados.


"Todo mundo ficou muito feliz por eles. Eles foram feitos para ficar um para o outro", disse Pauline ao Driffield Post Times.

Além de sua única filha, o casal tem dois netos e uma bisneta.


UOL Notícias

Deveres do paciente para com o seu médico.


Nas postagens anteriores, falamos dos deveres dos médicos e dos nossos direitos como pacientes, mas, nós além de direitos também temos deveres, que sendo levados a sério será um fator muito importante para uma boa relação e até para a nossa cura.

SÃO DEVERES DO PACIENTE

  • Não mentir ou omitir dados para o seu médico
  • Comparecer pontualmente às consultas
  • Caso precise desmarcar, fazê-lo em tempo
  • Seguir as recomendações dadas por ele
  • Tomar a medicação da forma que foi prescrita
  • Tirar todas as dúvidas na consulta
  • Se você está consultando um ortopedista sobre a sua dor do joelho, por exemplo, deixe para falar da dor de dente com o dentista
  • Questionar com delicadeza quando ele não estiver sendo muito claro, ele vai entender que você não tem obrigação de entender o vocabulário médico, peça de forma educada que ele fale de forma mais simples.
  • Quando a prescrição não estiver clara e você não estiver entendo o nome do remédio ou a maneira de tomar, pergunte à ele, e na farmácia, peça para o farmacêutico anotar na embalagem.
  • Leve na consulta, todos os medicamentos que você estiver tomando, bem como resultados de exames recentes, caso você tenha.
  • Se você for alérgico a algum medicamento, não deixe de informar
  • Se você for o acompanhante,manifeste-se apenas caso o paciente não possa fazê-lo, ou para lembrá-lo de algum dado relevante que foi esquecido.


Ah, e caso você encontre o seu médico na fila do cinema, por favor, apenas o cumprimente, deixe as queixas para o consultório, principalmente se ele for o seu ginecologista ou proctologista.


Bom senso é bom não provoca rugas e não engorda.


Fonte: Longevidade